Home » Search Engine Optimization » Dicas de SEO para publishers: 10 maneiras de aumentar sua audiência

Dicas de SEO para publishers: 10 maneiras de aumentar sua audiência

SEO para publishers

Especialmente em mercados competitivos como o de notícias, estar bem posicionado nas buscas vai muito além de ter um bom conteúdo publicado. Conteúdo relevante será apenas metade do trabalho. Neste artigo mostrarei 10 dicas de SEO para publishers fortalecerem seu posicionamento nas SERPs.

Os algoritmos do Google têm se tornado cada vez mais sofisticados, além de aperfeiçoarem a identificação das melhores fontes de informação para os leitores.

Ao olharmos para a missão do Google compreendemos a razão disso:

Nossa missão é organizar as informações do mundo para que sejam universalmente acessíveis e úteis para todos.

Google

Mas para isso o Google precisa da nossa ajuda. São bilhões de pesquisas realizadas todos os dias. O Google atualiza seus algoritmos em média seis vezes ao dia em busca de melhores resultados. Adotando algumas práticas podemos ajudar o buscador a compreender melhor nossos sites e também nos beneficiarmos disso.

Alinhe a sua presença na web com a missão do Google. Aqui vão 10 dicas de como fazer isso:

1- Otimize a arquitetura do seu site

O Google tem dado cada vez mais importância à experiência dos usuários. Prova disso é que em 2021 teremos o Core Web Vitals oficialmente como fator de ranqueamento.

Leia também: “Google Page Experience: UX como fator de ranqueamento

Quando falo de experiência não me refiro apenas à performance. Velocidade de carregamento é importante mas também se o site é intuitivo e de fácil navegação. Você pode melhorar isso de algumas formas:

Tenha uma navegação clara e consistente

Mostre ao seu usuário uma forma dele navegar (menu principal) que não gere dúvidas sobre o que ele encontrará no site. Use menus concisos (desktop e mobile) e conduza o visitante pelas áreas mais importantes do seu site.

Cabeçalho do The New York Times
Cabeçalho do The New York Times

Veja como o cabeçalho do The New York Times é elegante e esclarecedor. Cada informação está meticulosamente inserida de forma que o visitante possa ir para qualquer área de seu interesse com um ou dois cliques.

Mostre de forma clara seu universo editorial na homepage

Todo visitante que entrar na home do seu site deve entender quem você é e o que você faz. Contudo, leve em consideração que nem todos os visitantes entrarão pela página inicial. De fato uma grande parcela entrará por outras páginas.

Permita que esses visitantes possam se localizar facilmente através do menu ou até mesmo pelo rodapé do site.

Rodapé do The New York Times
Rodapé do The New York Times

Veja que no rodapé do NYT é possível acessar todas as categorias, opiniões, cadernos diversificados, gerenciar assinatura e muito mais.

Tenha um mapa do site

Adotar um sitemap (e aqui não me refiro ao .xml enviado para indexação) ou mapa do site é uma boa prática quando a editoria é muito extensa ou complexa, como a de um grande jornal.

Mapa do site do The New York Times
Mapa do site do The New York Times

Sitemaps ajudam não só leitores mas também os buscadores a encontrarem e indexarem todo o seu site.

2- Siga as melhores práticas de SEO on-page

As melhores práticas de SEO on-page tendem a estar alinhadas com as melhores práticas de SEO de conteúdo.

Tenha sempre em vista:

  • Escreva seus títulos usando palavras-chave e preferencialmente use-as quanto mais no início do título for possível;
  • Capriche nas meta-descrições. Use palavras-chave em uma ou duas frases com um CTA convincente para atrair os leitores a clicar na sua página;
  • Faça com que suas manchetes, chamadas na páginas internas, sejam iguais ao título. Você até pode usá-las de forma diferente mas isso tende a confundir o leitor e não é uma prática recomendada pelo Google;
  • Use subtítulos para agrupar tópicos semelhantes do seu conteúdo e contribuir para experiência de leitura. Subtítulos ajudam consideravelmente na escaneabilidade do conteúdo.

3- Adicione biografia e imagem dos autores

O Google dá cada vez mais ênfase a conceitos como expertise, autoridade e confiabilidade (o chamado E-A-T).

Embora adicionar uma caixa com autoria por si só não lhe trará ganho de posicionamento nas buscas, sinalizar de forma transparente quem produziu o conteúdo trará mais confiança e credibilidade.

Evite usar autores como “admin”, “equipe” ou “redação”. Informe de fato quem produziu o conteúdo. Trata-se de um detalhe de experiência do usuário que pode ajudar a fortalecer sua reputação.

4- Otimize para o Google Discover

O Discover é um produto que oferece conteúdo de forma personalizada para cada usuário. Ele pode ser uma boa fonte de tráfego mas para isso é importante adotar algumas práticas:

  • Produza e divulgue conteúdo de qualidade e confiável (o básico né!);
  • Produza conteúdo considerado evergreen, estes têm mais chances de serem exibidos no Discover;
  • Use imagens e vídeos para enriquecer a experiência de leitura do visitante.

5- Use uma imagem de destaque adequada

Seja para o Google Discover ou para a busca tradicional, uma imagem atrativa faz toda diferença para chamar a atenção dos leitores. Imagens originais, gráficos e imagens personalizadas geram mais engajamento .

Se tiver de usar uma imagem de terceiros ou de um banco de imagens, tome cuidado para não usar uma que já tenha sido usada em vários outros sites.

Lembre-se sempre de otimizar suas imagens para SEO. Coisas para fazer:

  • Comprimir as imagens para melhorar o tempo de carregamento da página;
  • Usar nomes de arquivos relevantes e se possível até usando palavras-chave;
  • Usar a tag alt nas imagens;
  • Cuidado com a estrutura do caminho das imagens, o Google considerará isso para classificação das imagens;
  • Certifique-se que suas imagens sejam amigáveis aos dispositivos móveis.

6- Publique notícias rapidamente

Enfadonho lembrar mas publicar notícias rapidamente pode ser um grande diferencial em relação à concorrência. No caso de notícias, muitas vezes o vencedor leva tudo. Publicar (corretamente) primeiro pode ser a diferença entre uma matéria ter 10 mil ou 1 milhão de visualizações de páginas.

Você pode:

  • Criar listas no Twitter e seguir feeds de diversos veículos;
  • Ingressar em diferentes grupos do Facebook e LinkedIn;
  • Acompanhar seus concorrentes nas redes sociais;
  • Monitorar agregadores de notícias (ex. Google News) do setor para identificar histórias à medida que elas surgirem.

E se você não conseguir noticiar primeiro?

Gosto sempre de enfatizar que publicar um conteúdo original não necessariamente é publicar algo novo. Se você não conseguiu dar a notícia em primeira mão, use a criatividade. Use uma abordagem diferenciada, uma opinião pessoal ou algum complemento à matéria (fotos, vídeos, gráfico, etc). Aplique seu próprio ponto de vista e procure tirar alguma vantagem desta forma.

Leia também: “Dicas de SEO para notícias

7- Fique dentro de seu universo editorial

O Google gosta muito de conteúdo bem escrito e envolvente. Mas sabe o que ele gosta ainda mais? Conteúdo relevante, com autoridade e escrito por um especialista no assunto.

Certifique-se de demonstrar essa autoridade e expertise permanecendo dentro de seu universo editorial. Seja reconhecido pelo que você faz. O que isso significa? Escolha os temas que serão cobertos pelo seu veículo e atenha-se a eles, sempre.

Por exemplo, se eu escrevesse neste blog hoje uma receita de lasanha, dificilmente teria alguma relevância nas buscas. Por mais bem escrito que o conteúdo seja e mesmo que eu empregue todas as táticas de SEO eu não teria muita chance. Meu blog trata de SEO e analytics, dificilmente conseguiria um bom posicionamento para uma receita.

8- Produza conteúdos evergreen

Embora o conteúdo factual seja importante para a indústria jornalística, produza também conteúdos evergreen, que não envelheçam tão rapidamente.

Se um post deixou de receber tráfego, talvez seja hora de transformá-lo em algo mais atemporal. Você pode:

  • Atualizar estatísticas, fatos ou imagens que podem estar desatualizadas;
  • Escrever novas introduções e conclusões;
  • Revisar os CTAs da matéria;
  • Acrescentar material novo;
  • Redirecionar (301) todos os conteúdos antigos para uma nova página sobre o tema, mantendo assim eventuais ganhos de SEO já obtidos.

9- Inclua imagens e vídeos

Os usuários querem conteúdo visual.

Vídeos e imagens aumentam significativamente as chances de um conteúdo vir a ser compartilhado. Adicione vídeos às suas publicações sempre que possível. Considere incluir a transcrição do vídeo no conteúdo produzido (quando fizer sentido, claro). Não se esqueça que também existem elementos de um vídeo que precisam ser otimizado para SEO.

Da mesma forma, imagens e infográficos são valiosos para sua estratégia de SEO. Nelas você tem a opção de incluir palavras-chave e melhorar a legibilidade do seu conteúdo. Legendas são lidas até 300% mais vezes que o próprio conteúdo.

10- Publique!

SEO funciona melhor se conectado aos outros canais de aquisição.

Se algo se torna viral em alguma rede social as chances de sucesso aumentam. Considere compartilhar seus conteúdos no Facebook, Instagram, LinkedIn, Twitter, TikTok, etc. Tenha em vista que cada rede geralmente conversará com um público específico. Conheça o seu público-alvo.

Se está difícil ranquear para algum termo importante, complemente sua estratégia de SEO com links patrocinados.

Contudo, a melhor ferramenta para construção de links e aumento de audiência será o botão “publicar”. Se você produzir conteúdo relevante e com autoridade as pessoas chegarão até você.

Use as melhores práticas para produção de conteúdo e não deixe a perfeição ficar entre você e a publicação. Você ficará impressionado como os conteúdos podem ser relevantes aos leitores mesmo que estejam longe da perfeição.

Lembre-se: quem diz se o seu conteúdo é relevante e de qualidade é o seu leitor, não você ou o seu editor.

Leia também: “O que é e como criar conteúdo de qualidade?

Conclusão

Apresentei 10 dicas para publishers aumentarem suas audiências. São elas:

  • Otimize a arquitetura do seu site;
  • Siga as melhores práticas de SEO on-page;
  • Adicione biografia e imagem dos autores;
  • Otimize para o Google Discover;
  • Use uma imagem de destaque adequada;
  • Publique notícias rapidamente;
  • Fique dentro do seu universo editorial;
  • Produza conteúdo evergreen;
  • Inclua imagens e vídeos;
  • Publique! Publique! Publique!

Caso publishers e redatores não invistam em SEO técnico e de conteúdo, terão cada vez mais dificuldades em ranquear seus conteúdos nas buscas.

SEO pode parecer complicado mas adotar uma estratégia holística contribuirá muito para dominar as SERPs.

Continue lendo: “ROI de SEO: como calcular o valor do tráfego orgânico

Sobre o autor

Dicas gratuitas para otimizar o seu site!
  • Receba semanalmente dicas sobre SEO, analytics e WordPress.
  • Estratégias digitais e insights para melhorar suas conversões.
Cardápio