Home » Search Engine Optimization » O que é e como criar conteúdo de qualidade?

O que é e como criar conteúdo de qualidade?

Conteúdo de qualidade

Muito se fala em conteúdo de qualidade que por vezes esquecemos realmente o que é isso. Conteúdo de qualidade é um aspecto chave de toda estratégia de SEO. Mas o que significa um conteúdo ter qualidade? Todo conteúdo que é relevante para o Google é relevante para os leitores? Neste artigo discutirei o que é conteúdo de qualidade e como você pode melhorar sua escrita.

Se você acompanha o mercado de marketing digital já deve ter se deparado com a famosa frase “Conteúdo é rei!”. Parcialmente isso é verdade. Um forma mais correta para expressar a importância do conteúdo em um site seria “Conteúdo de qualidade é rei!” ou ainda “Conteúdo relevante é rei!”.

Um conteúdo pode ter qualidade (editorial) mas não ser relevante, o que não o torna rei de coisa alguma. Talvez um bobo da corte, mas não um rei. Para continuidade deste artigo chamarei de conteúdo de qualidade aquele que também é relevante.

O que é conteúdo de qualidade?

Essa pergunta todo redator deveria se fazer pelo menos uma vez ao dia. Saber como escrever conteúdo de qualidade pode ajudar a obter mais visitantes e melhores resultados com seu blog, site ou loja virtual. Mas quem pode dizer se um conteúdo tem qualidade? O Google? O plugin de SEO que acende uma bolinha verde ao cumprir as etapas de otimização? O profissional de SEO?

Nada disso! Quem dirá se o seu conteúdo é de qualidade serão seus usuários. E isso muda completamente a forma como você produz seus conteúdos. Cada usuário é diferente e apresenta uma intenção de busca diferente. O usuário sabe o que quer. Você e o buscador podem tentar mas nunca saberão exatamente o que o usuário busca.

Embora a qualidade do seu conteúdo seja atribuída pelo usuário, há algumas ações que você pode tomar para garantir que o conteúdo seja relevante e torne-se atraente. Adotando uma série de boas práticas você estará qualificando seu conteúdo para os usuários e mecanismos de busca.

Seguem algumas definições para conteúdo de qualidade facilmente encontradas na rede (das quais discordo em grande parte visto serem superficiais):

Conteúdo de qualidade é aquele que tira a dúvida da persona e consegue explicar um determinado assunto de forma completa.

É aquele conteúdo que consegue ser melhor que todos os resultados do Google. Um conteúdo de qualidade sempre merece o primeiro lugar nas buscas orgânicas.

Conteúdo de qualidade é mais que isso

Primeiro, vamos rapidamente desmistificar essa “coisa” de persona. Instituíram com o marketing de conteúdo, especialmente através do inbound marketing, a necessidade de criação de personas com zilhões de informações para que fosse possível produzir conteúdo, criar campanhas, segmentar, etc.

Caso não tenha um pet shop você não precisa saber a raça do cachorro da persona. Se sua campanha não é para uma concessionária ou fabricante de automóveis por que você precisa definir o tipo de carro que ela dirige. Não precisamos sequer dar nome a nossa persona. Entenda, não precisamos criar personas como esta para produzir conteúdo de qualidade. Apenas faça as perguntas certas.

Segundo, não enlouqueça querendo dar todas as respostas aos usuários. Um conteúdo relevante certamente trará respostas mas dificilmente abordará um assunto de forma completa. Você só conseguirá fazer isso se o seu leitor for ingênuo o suficiente para acreditar numa única fonte de informação. Não subestime a inteligência do usuário.

Terceiro, se quem define a qualidade do seu conteúdo é o usuário, por que otimizar focando no mecanismo de busca? É possível ranquear com qualquer coisa inútil no Google mas nem por isso fazemos isso. Foco no usuário!

Por último, timing. Um usuário pode buscar pela mesma coisa em diferentes momentos e com diferentes intenções. Um conteúdo pode ter qualidade em um determinado momento e em outro não.

Leia também: “Como priorizar a produção de conteúdo numa estratégia de SEO

Minha definição de conteúdo de qualidade

Bem, se você chegou até aqui, algo que agradeço muito, vou recompensá-lo com a minha definição de conteúdo de qualidade:

Conteúdo de qualidade é aquele capaz de solucionar uma demanda específica de um usuário com uma determinada intenção de busca.

“… capaz de solucionar uma demanda específica…” Um conteúdo de qualidade irá entregar o que o usuário está buscando, às vezes mais, nunca menos.

“… com uma determinada intenção de busca.” Um conteúdo de qualidade estará sempre alinhado à intenção de busca do usuário em dado momento.

Como criar conteúdo de qualidade

1. Escreva para seus leitores

Um conteúdo só é de qualidade se os seus leitores assim o considerarem. Resista a tentação de escrever para você. Leve em consideração o que seus usuários querem ler a respeito. O que buscam? Que problemas tentam resolver ao chegar ao seu site?

O primeiro passo para criar conteúdo que os usuários consideram de alta qualidade é certificar-se de que ele contenha as informações que eles estão procurando. Para descobrir quais informações seus usuários estão procurando, realize uma pesquisa de palavras-chave. Isto o ajudará a determinar sobre quais assuntos escrever e quais palavras seu público usa.

2. Produza um conteúdo atraente

Se você quer que as pessoas leiam seu conteúdo e o considerem de qualidade, torne-o de fácil leitura e atraente. Preste atenção às palavras que está usando. Escreva de uma maneira que seja possível compreender o conteúdo de forma fácil.

Muito texto sem subtítulos diminui consideravelmente a escaneabilidade do texto. Quem de nós não dá aquela passada geral por títulos e subtítulos para encontrar o que procura, não é?

Da mesma forma, linhas e parágrafos muito longos tornam a leitura mais cansativa. Intercale texto com imagens, gráficos e vídeos para tornar a leitura mais leve. Use sinônimos, alterne entre frases longas e curtas e seja pessoal na sua escrita.

Leia também: “O guia definitivo para SEO copywriting

3. Pense na intenção de busca

A intenção de busca é a razão pela qual alguém realiza uma busca específica. Ele precisa de respostas? Deseja comprar algo on-line? A intenção de busca de um usuário faz toda diferença em como ele considera a qualidade do seu conteúdo. Será que isso se encaixa na necessidade dele naquele momento? Se sim, permanecerá em sua página por mais tempo. Mas quando precisar de uma resposta a uma pergunta e a página só tentar vender seus produtos, ele desaparecerá antes que você perceba.

Classificamos as intenções de busca em:

  • Informativa: pessoas buscando informação. Pode ser sobre o tempo, notícias, SEO, etc.
  • Navegacional: quando uma pessoa busca por um site ou serviço específico. Por exemplo, quando as pessoas buscam por “Facebook”, em geral estão querendo chegar ao site do Facebook. Quando pesquisam “Google Analytics”, na maioria das vezes querem entrar no site do Google Analytics e não apenas ler artigos sobre o GA.
  • Transacional: quando a pessoa tem interesse em comprar algo.
  • Investigativa: ocorre quando a pessoa pesquisa características de um produto com intenção de comprá-lo futuramente. A pessoa ainda não está pronta mas deseja ter o máximo de informações sobre um produto ou serviço.

É importante levar em consideração a intenção de busca enquanto você está criando um conteúdo. Se o seu visitante busca um tutorial de como fazer, dê isso a ele. Uma lista com as “10 dicas para…”, por que oferecer algo diferente disso?

Você saberá exatamente a intenção de busca do usuário? Provavelmente não, mas adotando uma mentalidade de produzir conteúdo centrado no usuário as chances de errar diminuem bastante.

4. E.A.T

E.A.T (do inglês expertise, authority and trustworthiness) está ligado a sua reputação. Expertise, autoridade e confiabilidade são os pilares para criar reputação na web. Você precisa que o usuário tenha confiança naquilo que está lendo e em quem produziu o conteúdo.

Seja pessoal, use preferencialmente imagens próprias, somente ofereça links para sites de confiança, adicione avaliações e depoimentos. Tecnicamente, garanta que seu site sirva conteúdo via HTTPS e esteja de acordo com leis de uso e proteção de dados (LGPD, GDPR, etc).

Leia também: “SEO de conteúdo: otimização de conteúdo para as buscas

5. Mantenha seu conteúdo atualizado e relevante

Apenas produzir conteúdo de qualidade pode não ser suficiente para manter a relevância para os usuários e mecanismos de busca por muito tempo. Você precisa atualizar seu conteúdo de tempo em tempos para garantir que as pessoas encontrarão as informações corretas ao chegarem lá.

Isso reforça a confiabilidade que mencionei anteriormente. Também é importante para SEO pois mostra ao buscador que seu conteúdo está “vivo” e é relevante. Além disso, ter o conteúdo atualizado é um passo importante para manter a estrutura do site saudável. Reserve algum tempo para atualizar seus conteúdos mais importantes.

Leia também: “Conteúdo antigo no site, atualizar ou apagar?

6. Mantenha uma boa estrutura do site

Os cinco itens anteriores estavam bem focados nos usuários mas este último tem menos a ver com escrita e mais com ajudar o mecanismo de busca a localizar o conteúdo de qualidade.

A estrutura do site refere-se a como você organiza seus conteúdos. Há uma boa estrutura hierárquica de conteúdo? As páginas mais importantes (conteúdo estrutural) estão devidamente posicionadas na estrutura e elementos visuais (ex. menu)? A construção de links interna reflete a estrutura do site, com páginas importante recebendo a devida linkagem?

Se você caprichar na estrutura do seu site, as chances de oferecer um conteúdo de qualidade ao leitor são muito maiores. Ainda, uma boa estrutura sinaliza ao buscador o que é mais importante e que conteúdos merecem sua atenção.

Leia também: “6 erros de estrutura de um site e como evitá-los

Quantidade vs qualidade

Número de publicações

Pode parecer estranho mas nem sempre produzir mais conteúdo gera melhores resultados. Escrevi um artigo recentemente falando justamente sobre como produzir menos conteúdo e obter mais conversões.

Vejo muitas empresas caindo na falácia de que produzir mais conteúdo é melhor. Isso não é verdade. Em alguns casos pode ocorrer do aumento de conteúdo produzido levar a um alcance maior nas buscas, por meio do ranqueamento para mais termos. Porém, se este crescimento de conteúdo produzido não vir acompanhado de um bom planejamento, pode haver surgimento de concorrência interna e consequente queda no posicionamento nas buscas.

Tamanho do conteúdo

Em relação ao número de palavras, é um mito a necessidade de produzir conteúdos com um número n de palavras. Se você oferecer ao seu público o que ele procura, o conteúdo pode ter 300, 1000 ou 5000 palavras.

Leve em consideração a intenção de busca do usuário. Pode ser que ele esteja querendo uma resposta simples, e para tal, um conteúdo de 300 palavras com alguma lista seja suficiente. Para outros temas, no entanto, pode ser necessário um conteúdo com pelo menos 2000 palavras para abordar os tópicos relacionados de maneira satisfatória.

Se você criou muitos conteúdos rasos (pouco conteúdo), considere agrupá-los em uma mesma página. Dificilmente o leitor entrará numa página com uma dúvida tão simples que possa ser resolvida em uma ou duas frases. É comum termos dúvidas mais complexas e, neste caso, oferecer uma página mais completa é uma boa opção.

Resumo de como criar conteúdo de qualidade

O conteúdo de qualidade pode não levá-lo instantaneamente à primeira posição da busca mas com certeza terá efeito positivo de SEO no longo prazo. Antes de publicar qualquer conteúdo considere as etapas abaixo:

Tempo estimado: 8 horas.

Como criar conteúdo de qualidade

  1. Escreva para seus leitores

    Leve em consideração o que seus usuários querem ler a respeito. O que buscam? Que problemas tentam resolver ao chegar ao seu site?

  2. Produza um conteúdo atraente

    Crie um conteúdo que seja de fácil leitura e atraente. Preste atenção às palavras que está usando. Escreva de uma maneira que seja possível compreender o conteúdo de forma fácil.

  3. Pense na intenção de busca

    A intenção de busca faz toda diferença em como um usuário considera a qualidade do seu conteúdo. É importante levar em consideração a intenção de busca enquanto você está criando o conteúdo.

  4. Inspire confiança

    Expertise, autoridade e confiabilidade são os pilares para criar reputação na web. Você precisa que o usuário tenha confiança naquilo que está lendo e em quem produziu o conteúdo.

  5. Mantenha seu conteúdo atualizado e relevante

    Você precisa atualizar seu conteúdo de tempos em tempos para garantir que as pessoas encontrarão as informações corretas ao chegarem lá.

  6. Mantenha uma boa estrutura do site

    As páginas mais importantes (conteúdo estrutural) estão devidamente posicionadas na estrutura e elementos visuais (ex. menu)? A construção de links interna reflete a estrutura do site?

Espero tê-lo ajudado a compreender o que é um conteúdo de qualidade. Que as dicas apresentadas possam ajudá-lo a produzir mais conteúdos de qualidade e impulsionar os resultados do seu negócio.

Se precisar de uma ajuda, minha consultoria de SEO tem como um dos objetivos melhorar qualidade dos conteúdos produzidos. Entre em contato.

Continue lendo: “SEO para redatores – a figura do “redator completo”

Sobre o autor

Dicas gratuitas para otimizar o seu site!
  • Receba semanalmente dicas sobre SEO, analytics e WordPress.
  • Estratégias digitais e insights para melhorar suas conversões.
Cardápio