10 prós e contras de ser um profissional de SEO

12 minutos para leitura

Pros e contras de ser um profissional de SEO

O profissional de SEO, ou SEOs como somos carinhosamente chamados, é cada vez mais requisitado e indispensável em projetos digitais. Neste artigo, apresento prós e contras de ser um profissional de SEO que colecionei ao longo da carreira de consultor.

Todos os dias novos profissionais chegam ao mercado digital. Muitos deles se interessam por SEO mas quase todos desconhecem a trilha profissional para se tornar um bom SEO.

É importante que conversemos mais a respeito das competências de um bom profissional de SEO, suas motivações e desafios que terá pela frente.

Mas o que é SEO?

SEO significa “Search Engine Optimization” (otimização para os mecanismos de busca). É a prática de tentar otimizar páginas na web com objetivo de alcançar um melhor posicionamento nos resultados das buscas.

SEO é uma das disciplinas do marketing digital e possivelmente uma das mais complexas.

Leia também: “O que é SEO?

O que faz um profissional de SEO?

Resposta curta:

Tudo! De forma estratégica.

“Mas Dilmar, o profissional de SEO não é aquele responsável apenas por fazer a pesquisa de palavras chave e indicar quais e como os conteúdos devem ser produzidos?”

Nããããoooo! Muito dessa visão de que o SEO é responsável somente por realizar pesquisa de palavras chave é nossa culpa.

Muitos profissionais que almejam ser SEOs chegam ao mercado com uma visão simplista da profissão e acabam oferecendo serviços com escopo bastante reduzido. Focam no escopo, não nos resultados.

Vemos profissionais que dominam uma ou outra especialidade como por exemplo inbound marketing, growth hacking (…), social content ou link building se intitulando SEOs em seus perfis do LinkedIn. Tenho uma coisa para dizer a estes: vocês não são SEOs!

Um profissional com estas habilidades não será um SEO até que tenha uma visão holística do projeto. Ele deve ser capaz de desenvolver estratégias e trabalhar com outras equipes, objetivando resultados duradouros e de longo prazo.

Então, o que é preciso para ser um SEO?

Ao contrário de outras áreas do marketing digital, o profissional de SEO precisa ter uma gama de conhecimentos vasta para realizar seu trabalho. Não estou dizendo que para ser um SEO você precisa dominar todas as disciplinas do marketing digital. Mas precisará saber muito de diversas áreas para ser um bom profissional.

O bom profissional de SEO deve ser capaz de elaborar estratégias que proporcionem resultados para seus clientes. Quando falo de resultados refiro-me a um bom posicionamento na busca, uma boa experiência para o visitante, reconhecimento da marca e obviamente retorno financeiro.

Além do conhecimento específico da área, o profissional de SEO precisa ser capaz de compreender o projeto. Para isso, precisa ter conhecimento em áreas como: analytics (essa é mais que fundamental), design, UX, estatística, redação, marketing, linguagens de programação (R, Python, Javascript, etc), social media, publicidade, gestão de projetos e muitas outras.

Se você não gosta de estudar e evoluir dia após dia, talvez a profissão de SEO não seja para você.

Após essa introdução sobre o que é SEO e o que é preciso para ser um SEO, vamos a uma lista de prós e contras da profissão:

Prós de ser um profissional de SEO

Contras de ser um profissional de SEO

1. Comunidade de SEO

Desconheço outra profissão que tenha uma comunidade (real e virtual) tão ativa e acolhedora. As pessoas que trabalham com SEO são extremamente solicitas e não exitam em ajudar quem quer que seja.

Por ter um escopo bastante amplo, algumas comunidades são mais específicas que outras. Por exemplo, se você der uma passeada pelas comunidades de SEO técnico, encontrará alguns nerds (no bom sentido e sem julgamentos, por favor). Já em comunidades de SEO de conteúdo encontrará jornalistas e copywriters ávidos e descontraídos.

Em qualquer lugar do mundo (ou em qualquer rede social se preferir) você encontrará profissionais dispostos a colaborar e trocar experiências.

O bom profissional de SEO não se importa em compartilhar táticas e estratégias com seus colegas. Ele pensa no melhor para o usuário, no melhor para a web.

2. O SEO está sempre evoluindo

O SEO e o profissional de SEO estão sempre evoluindo. Essa evolução é rápida e requer do profissional atenção e aprendizado constante. Existe sempre algo novo para aprender, novos “truques” para descobrir.

As possibilidade para um profissional de SEO são muitas. Você pode ser consultor de SEO (local ou remoto), trabalhar em uma agência ou empresa. Não importa como você trabalha ou trabalhará, você pode embarcar na área que seja do seu interesse (técnico, conteúdo, estratégico, etc). Existem oportunidades para todos que queiram aprender ou que já tenham alguma habilidade específica.

3. Ajudar empresas a crescer

Existe algo gratificante em ajudar pessoas e empresas a crescer e alcançar seus objetivos. Antigamente era muito complicado para um pequeno empresário, por exemplo, abrir um pequeno negócio em seu segmento e obter resultados. Ele não podia anunciar na TV, jornal ou rádio pois era muito caro (e ainda é em alguns casos). Com a internet, é possível impulsionar esse crescimento.

O profissional de SEO pode mudar vidas. Todos saem ganhando quando nosso trabalho é bem feito. O usuário recebe conteúdo que é relevante e do seu interesse e empresas alcançam resultados e podem prosperar.

4. Analisar dados e medir resultados

SEO é uma das indústrias que permite que você mensure os resultados do seu trabalho. Com conhecimentos em ferramentas de web analytics seu trabalho se torna muito gratificante e gera muito valor para seu cliente.

O fato dos algoritmos dos buscadores serem um caixinha de surpresa torna o jogo ainda mais interessante. O constante teste, mede, ajusta, testa novamente, aprende e por aí vai, tornam essa profissão um incessante aprendizado. O compartilhamento de testes e seus resultados pela comunidade, sobre diversos setores da indústria, também ajuda a compreender mais o mercado.

5. Algumas coisas permanecem iguais

Em meio a tantas mudanças (algoritmos, mercado, cultura organizacional, etc) um projeto de SEO é fundamentalmente você buscar oferecer o melhor conteúdo e experiência para o usuário.

Tome como exemplo você, como usuário realizando uma busca. Não é satisfatório quando o primeiro resultado clicado oferece a resposta para sua consulta? Quanto tempo é economizado? Imagine que você economize dois minutos por dia não tendo de realizar novas buscas para suas dúvidas. Em um ano você economizaria doze horas em frente ao seu dispositivo. Tempo suficiente para ler bons livros ou ir à praia e conhecer o amor da sua vida. Ou assistir uma maratona de “O Senhor dos Anéis”.

Leia também: “Dicas de SEO para notícias

Contras de ser um profissional de SEO

Nenhum! Hehehe, brincadeiras à parte, todos sabemos que nenhuma profissão é um mar de rosas. Existem momentos turbulentos na vida de todo profissional de SEO.

Abaixo listo cinco tópicos que dificultam um pouquinho nossa vida como SEOs.

1. O resultado nem sempre depende exclusivamente do seu trabalho

Essa é dura! Parece desculpa mas não é. Explico.

SEO é a arte de buscar melhor posicionamento nas buscas. O trabalho é feito, em parte, baseado nos buscadores e seus algoritmos.

Assim como nós, que temos objetivos e estratégias para nossa empresa ou nossos clientes, os buscadores tem seus próprios objetivos e estratégias de negócio. Cabe ao profissional de SEO fazer o casamento destas estratégias.

O Google, por exemplo, tem como missão “organizar as informações do mundo para que sejam universalmente acessíveis e úteis para todos.“. Nossa missão como SEOs deve ser sinérgica com a do Google para que possamos entregar bons resultados.

Comparado com outras profissões como programador, designer ou principalmente profissões off-line, isso pode parecer injusto. Você se esforça tanto e fica meses em um projeto e às vezes o resultado não aparece. Inúmeros podem ser os fatores. Pode ser uma mudança no algoritmo (não acredito muito nessa não, se você faz seu trabalho de SEO bem feito não deve se preocupar tanto com o algoritmo), entrada de um novo player no mercado, algum concorrente utilizando uma estratégia similar, etc.

Nem sempre o que funciona em um projeto de SEO vai funcionar em outro, especialmente de setores diferentes. Diante dessas variáveis é possível que alguma estratégia que você adotou não funcione, ou pior, dê resultado negativo.

2. SEO não é barato

Alguns clientes procuram um consultor ou agência de SEO para trabalhar num projeto com o seguinte pensamento: “O Google é de graça, por que devo gastar tanto com SEO? Por que eu deveria pagar para estar no Google”

Esse pensamento é justificável em alguns casos, dependendo da maturidade digital do cliente.

SEO demanda capacitação, ferramentas e acompanhamento constante do mercado onde o cliente está inserido. Nada disso é barato.

Profissionais de SEO devem educar seus clientes e superiores que estruturar um projeto de SEO holístico não é barato.

SEO precisa ser trabalhado constantemente. Engana-se quem acha que um projeto pontual ou setup de alguma ferramenta irá proporcionar resultados de longo prazo. O cenário em que a empresa está inserida muda. É preciso investir em SEO permanentemente.

Não é incomum que empresas invistam durante meses ou até anos em SEO e por não perceberem os resultados abandonam seus projetos. Meses ou anos de trabalho em SEO podem ir por água abaixo se não houver continuidade no projeto de SEO.

3. Resultados a médio e longo prazo

Como mencionei anteriormente, SEO deve ser algo permanente.

Muitos deixam de acreditar em SEO e experimentar seus resultados pois acham que é algo que se consegue no curto prazo. Resultados rápidos são observados em pequena escala quando são corrigidos erros grosseiros, como o bloqueio à indexação, por exemplo.

O ganho de visibilidade orgânica está diretamente ligado à relevância que o site tem para seu público. Relaciona-se com o reconhecimento da marca e autoridade dentro do setor em que está inserida. Não se pode fazer branding em um dia. Não se pode mostrar autoridade em um assunto com apenas um conteúdo raso produzido.

Projetos de SEO envolvem diferentes áreas das organizações, diferentes produtos. Demandam relacionamento afinado com áreas de planejamento, comercial, desenvolvedores e é claro produtores de conteúdo. Esse relacionamento é construído ao longo do tempo. Não é algo que se consegue da noite para o dia.

4. Explicar SEO é difícil

Tente convencer um CxO que ele deve alocar mais recursos (humanos, tecnológicos e financeiros) na expectativa de obter mais tráfego orgânico (a médio e longo prazo) ao invés de investir diretamente em outros canais de aquisição com retorno mais rápido. Complicado né?

O profissional de SEO deve se aproximar o máximo possível de todos os stakeholders. Conversar e alinhar as expectativas do negócio, necessidades técnicas e de conteúdo. Deixar claro que é um projeto amplo, fortemente ligado com a capacidade da organização de enfrentar diferentes cenários no futuro.

O relacionamento com os devs deve ter sinergia, vir acompanhado de toda a documentação e esclarecimento dos motivos de cada ação. As orientações às equipes produtoras de conteúdo devem ser precisas, alinhadas às premissas da organização. Sempre que possível, o profissional de SEO deve fazer workshops com estas e outras áreas para garantir entrosamento.

5. SEO sozinho não dá resultado

Muitos profissionais de SEO já perceberam que colocar o SEO como uma solução independente para as necessidades de marketing digital de uma empresa é perda de tempo.

Isolar SEO (e os SEOs) do restante do marketing digital é, além de um erro, infrutífero para a organização.

Muitos SEOs ainda resistem ao fato de que, para ser um bom profissional de SEO, são necessárias habilidades técnicas e marketing tradicional.

Concluindo

Vimos o que é SEO e o que faz um profissional de SEO.

Vimos também que para ser um bom SEO o profissional deve ser capaz de elaborar estratégias que tragam valor para seu cliente ou empresa.

Listei cinco prós e cinco contras de ser um profissional de SEO baseado na minha experiência.

E você, concorda com os prós e contras apresentados? Envie uma mensagem ou entre em contato pelas redes sociais.

Continue lendo: “SEO para redatores – a figura do “redator completo”

Receba dicas de SEO e Analytics gratuitamente!

  • Técnicas para otimizar seu site para SEO, usabilidade e conversão
  • Saiba como analisar o comportamento do visitante no seu site
  • Dicas e tutoriais para oferecer uma experiência única para seus visitantes

Respeito sua privacidade. Leia a política de privacidade para saber como lido com suas informações pessoais.

Menu