Home » Analytics » Propriedades App + Web do Google Analytics: 8 coisas que você precisa saber

Propriedades App + Web do Google Analytics: 8 coisas que você precisa saber

Analytics
,

15 minutos para leitura

Propriedade App + Web Google Analytics

Em julho de 2019 o Google lançou uma solução de análise no GA que integra apps e sites. Propriedades App + Web são propriedades aprimoradas se comparadas às propriedades tradicionais do Google Analytics. É provável que essas propriedades venham a substituir o já “tradicional” Google Universal Analytics no futuro.

Neste artigo, apresento 8 coisas que você precisa saber sobre propriedades App + Web do Google Analytics.

Leia também: “Novo Google Analytics 4 (GA4): o futuro do web analytics

Este não é um guia de como usar ou configurar essas propriedades. Existem muitos artigos mostrando como configurar e usar a ferramenta. Caso tenha dúvidas ou queira saber mais entre em contato.

Propriedades App + Web possuem uma modelagem de dados diferente

Penso que esta é a principal característica e diferença deste tipo de propriedade em relação às propriedades convencionais do Google Analytics.

Nas propriedades App + Web é provável que você perca algumas métricas e dimensões com as quais já está acostumado no GA. Isso está relacionado com a mudança na maneira como o modelo de dados é configurado. Muitos especialistas em analytics já reclamavam do modelo de dados no qual o Universal Analytics foi construído. Quem é analista e usa o GA sabe que ele pode ser uma caixinha de surpresas para os menos familiarizados.

Mas o que há de tão diferente no modelo de dados das propriedades App + Web?

App + Web foca nos eventos e usuários, não em sessões

O Google Universal Analytics têm três níveis principais (escopos) na maneira como seu modelo de dados funciona:

  • Nível de usuário (User)
  • Nível da sessão (Session)
  • Nível de hit (Hit)

Há uma hierarquia nesses três níveis. Além desses três níveis de dados, o modelo de dados também inclui dados adicionais no nível do produto para relatórios de comércio eletrônico.

Os dados no nível do hit também são divididos em três tipos:

  • Visualizações de página (acionadas quando alguém visita uma página).
  • Eventos (acionados sempre que alguém clica em um botão ou interage com um elemento).
  • Transações (acionadas sempre que uma compra foi feita).

Leia também: “Dimensões e métricas no Google Analytics

Sessões no App + Web são secundárias

A maior parte da discussão sobre o modelo de dados do Google Universal Analytics gira em torno das métricas e dimensões no nível da sessão. O que constitui uma sessão é relativamente arbitrário e fácil de manipular. Considere o tempo limite da sessão e a expiração do final do dia. Esses tipos de problemas podem afetar sua contagem de sessões, sem que você perceba.

Quando você olha nos relatórios de uma propriedade App + Web, ainda encontrará algumas métricas e dimensões relacionadas à sessão nos relatórios, como por exemplo visitas iniciadas, mas elas estão em segundo plano.

Visualizações de página são eventos

Além da mudança no uso das sessões, também há uma mudança na maneira como vemos as visualizações de página. Historicamente, elas eram uma métrica importante a considerar ao analisar o comportamento do usuário. Os tempos mudaram (antes mesmo de termos a propriedade App + Web).

Os usuários hoje em dia não passam de uma página para outra apenas clicando em links. As técnicas para mostrar diferentes conteúdos foram alteradas. Usando Angular, React, Vue etc., o site pode exibir um novo conteúdo, sem alterar a URL, e você pode não ter certeza se o novo conteúdo exibido ainda pode ser considerado uma nova visualização de página.

A visualização de um novo conteúdo (pageview) ainda faz parte do modelo de dados App + Web, mas é apenas outro tipo de evento no fluxo de eventos que criamos ao interagir com um site ou aplicativo. Um fluxo de eventos pode ser considerado um fluxograma de todas as interações feitas por um usuário durante suas visitas aos seus sites ou aplicativos. O conceito de um fluxo de eventos não é novo. Algumas soluções de analytics já possuem um modelo de dados completo (ou quase) há algum tempo.

A propriedade App + Web combina App e Web

Meio óbvia essa. Mas aqui vem um detalhe: ela combina dados de aplicativos e sites mas com um único modelo de dados e configuração de relatórios.

O novo modelo de dados nos permite analisar os dados de uma maneira mais holística. Um usuário tem uma definição clara e igual para ambos os tipos de plataformas, assim como todos os eventos.

Ao analisar os dados, você poderá agir com as mesmas definições (ou muito semelhantes) em seus relatórios, independentemente de estar trabalhando em uma análise sobre seu site ou aplicativo.

Também abre possibilidades para análise em todas as plataformas. Podemos rastrear e analisar o comportamento do usuário em todas as plataformas (sites, aplicativos, pontos de venda, etc.) e entender melhor todas as interações do usuário com a empresa.

Para garantir que você possa rastrear usuários nas suas plataformas, o Google oferece duas opções:

  • IDs de usuário
  • Por dispositivo
Propriedade App + Web – tracking de usuários

ID do usuário

Sempre que um usuário no site puder ser identificado como um usuário específico, você poderá enviar o ID do usuário exclusivo para o App + Web configurando o código de rastreamento. Geralmente, você poderá identificar um usuário único quando ele fizer login ou se inscrever no seu site/aplicativo. É uma maneira útil de rastrear usuários entre plataformas, assim que sua identidade é disponibilizada. Este método não será 100% para todos os sites e aplicativos visto que muitos usuários permanecerão anônimos e não farão login ou se inscreverão durante sua visita.

Por dispositivo

Esse método usa apenas o ID do dispositivo, através do cookie do Google Analytics para sites ou o ID da instância de aplicativo para aplicativos, para identificar um usuário e ignora todos os IDs de usuário coletados. É exatamente o mesmo método de rastreamento de usuários no Google Universal Analytics e Firebase para aplicativos.

A desvantagem deste método é que você não pode rastrear dispositivos cruzados ou aplicativos cruzados em um dispositivo. Isso tornará o número de usuários relatados menos confiável. Por outro lado estará garantindo a privacidade do seu usuário porque você não coletará nenhum dado específico do usuário em sua ferramenta de análise.

Foco no público-alvo

Com as sessões em segundo plano no App + Web, haverá mais foco em outras coisas. O Google escolheu um caminho para a análise centrada no usuário.

No Google Universal Analytics, vários relatórios sobre usuários estão disponíveis, como, por exemplo, lealdade e envolvimento do usuário. Alguns desses relatórios já foram disponibilizados no App + Web também. Uma novidade das propriedades App + Web é a possibilidade de criar públicos. É semelhante à criação de segmentos avançados no Google Universal Analytics. Você pode configurar segmentos de usuários que possuem características específicas. Usuários de uma região ou que fizeram interações específicas. Esses públicos podem ser aplicados aos relatórios disponíveis.

Criação de audiência em propriedades App + Web

Relatórios de dados demográficos e de interesse

O App + Web também fornece dados demográficos e de interesse, assim como o Google Universal Analytics. Funciona exatamente da mesma maneira. Você ativa a coleta desses tipos de dados e permite que um Doubleclick (ou ID de publicidade do aplicativo) seja usado para integrar os dados. Cookies adicionais são acrescentados, portanto, atualize seu termo de consentimento e a política de cookies antes de ativar esse recurso.

Os dados estão disponíveis apenas para uma amostra dos usuários, mas podem ser úteis em sua análise de qualquer maneira. O subconjunto é determinado principalmente por usuários que efetuaram login em outros serviços do Google, como o Youtube.

Rastreamento de eventos com propriedades App + Web

O rastreamento de eventos nas propriedades tradicionais do GA sempre deram bastante trabalho aos analistas e desenvolvedores. No Google Universal Analytics os eventos devem ser configurados no desenvolvimento, através do GTM (método mais prático e recomendado) ou via edição do código.

Nas propriedades App + Web o rastreamento de eventos tem um formato um pouco diferente e mais amigável.

App + Web pode rastrear eventos adicionais facilmente

Na configuração do App + Web Analytics, é possível iniciar automaticamente o rastreamento de alguns eventos básicos. Ao pressionar um botão, você pode começar a rastrear essas interações e ver o fluxo de dados no seu conjunto de dados. Isso pode economizar tempo para aqueles que não conhecem muito bem o código e garante que essas interações sejam coletadas de maneira estruturada e padrão. Os relatórios para estes eventos ainda são um pouco limitados.

Configuração de propriedades App + Web

As visualizações de página e o rastreamento de pesquisa interna possuem configurações avançadas adicionais para garantir que estejam configuradas corretamente para o seu site. Para os outros basta uma simples ativação.

Propriedades App + Web possuem eventos padrão

Além dos eventos adicionais, de medição aprimorada, o Google também introduziu grupos de “eventos padrão”. São recomendações do Google para coletar alguns eventos que costumamos acompanhar. Alguns deles são muito genéricos, outros específicos de cada setor. Na documentação sobre esses eventos, o Google compartilha convenções e definições de nomenclatura recomendadas, descritas detalhadamente em sua documentação.

Alguns eventos que você pode encontrar são:

  • sign_up (inscrição)
  • share (compartilhamentos)
  • purchase (para compras de comércio eletrônico)
  • view_cart (especificamente para sites de comércio eletrônico)
  • generate_lead (lead gerado)

Para obter uma lista completa, consulte a documentação do desenvolvedor do App + Web.

Leia também: “Nomenclatura no Google Analytics e Tag Manager”

O rastreamento de App + Web pode ser configurado através do GTM

Como parte da implantação do App + Web, o Google também introduziu modelos de tags no Google Tag Manager. Esses modelos facilitam a implementação do App + Web. Se você já estiver executando o Google Universal Analytics por meio do GTM será muito fácil implementar o App + Web.

Existem duas tags do GTM fornecidas para o App + Web, que possuem funcionalidades específicas:

  • Configuração
  • Evento

Tag de configuração

A tag de configuração está lá para ajudá-lo a definir algumas configurações básicas para rastreamento com o App + Web. Ela permite que você insira o tracking ID (o ID da sua propriedade) e ative se deseja acompanhar as visualizações de página.

Você também pode configurar parâmetros adicionais nesta tag, semelhantes às dimensões personalizadas no Google Universal Analytics. Essa é uma funcionalidade que ainda não está 100% mas possivelmente em breve poderemos utilizá-la completamente.

Tag de evento

A tag de evento existe para enviar outros eventos ao Google. Essa tag funcionará de maneira semelhante ao método de rastreamento de eventos usado para o Google Universal Analytics. Você usará esse rastreador para eventos personalizados. Você não precisa configurar isso para os eventos que são rastreados automaticamente. O fluxo de trabalho para adicionar eventos seria:

  1. Verifique se um evento automático está disponível para uso;
  2. Verifique se um evento recomendado está disponível na documentação do Google. Se for esse o caso, use essa convenção de nomenclatura;
  3. Se nenhuma dessas opções se aplicar, crie seu próprio evento personalizado.

Ao implementar eventos, leve em consideração as limitações no rastreamento de eventos e parâmetros que podem ser adicionados.

Leia também: “Como instalar o Google Tag Manager no WordPress

App + Web se integra facilmente ao BigQuery

O App + Web ainda carece de muitas das funcionalidades da plataforma atual do Google Universal Analytics. Mas há um recurso que encantou muitos usuários do App + Web: a integração com o Google BigQuery. Está disponível para todos os usuários do App + Web. Antes apenas clientes do GA 360 conseguiam usar esse tipo de integração para o Google Universal Analytics.

Com o Google BigQuery você pode armazenar todos os seus dados do App + Web em formato bruto. Isso significa que todos os dados que você está coletando com o App + Web estão disponíveis para você analisar. Isso torna muito mais fácil a integração com outros conjuntos de dados, visualizar em diferentes ferramentas e criar modelos de dados e outros tipos de funcionalidades.

Faltam muitos recursos

Apesar de alguns novos e divertidos recursos do App + Web, ainda não é uma solução de análise digital completa. Você ainda perderá alguns de seus relatórios favoritos e algumas coisas são um pouco complicadas de configurar.

Aqui estão algumas coisas que você pode estar perdendo:

  • Relatórios de comércio eletrônico (aprimorados).
  • Relatórios de pesquisa interna.
  • Filtros (ex. filtragem IP).
  • Múltiplas vistas por propriedade.
  • Conector com o Google Data Studio.

Entenda que o App + Web ainda está em desenvolvimento e na versão beta. Você pode usá-lo, mas ainda não é um produto totalmente acabado. O Google está trabalhando para fornecer recursos adicionais para o App + Web. Fique de olho nas notas de lançamento.

Devo configurar a versão App + Web já?

Essa pergunta feita há alguns meses provavelmente teria uma resposta negativa mas agora existem muitos motivos para iniciar o processo de implementação. Dentre eles:

  • Construir um histórico no banco de dados.
  • Familiarizar-se com a ferramenta.
  • Aproveitar a integração do BigQuery..

Construir um histórico no banco do dados

Você não conseguirá transferir seus dados históricos do Google Universal Analytics para uma propriedade App + Web. O modelo de dados mudou tanto que nem faria muito sentido fazer isso. As definições e a lógica mudaram tanto, que não coincidiriam com os novos dados.

Isso significa que sua coleta de dados começará do zero. No início, você não terá dados históricos para olhar. Algumas métricas básicas já estão disponíveis para medição (ex. pageviews, usuários, etc.). Se você começar a rastrear agora, terá pelo menos alguns dados históricos disponíveis quando o App + Web estiver pronto para produção.

Ainda não remova a implementação do Google Universal Analytics, mas execute o App + Web paralelamente para começar a criar seus dados históricos.

Familiarizar-se com a ferramenta

Mover sua análise do Google Universal Analytics para o App + Web será uma grande mudança. Se você começar a coletar dados agora, poderá pelo menos começar a aprender como o App + Web funciona.

Aproveitar a integração do Big Query

Para todos os usuários da versão gratuita do Google Universal Analytics, a integração do BigQuery é completamente nova. Isso pode proporcionar oportunidades que sua configuração atual não oferece.

Para saber como configurar uma propriedade App + Web no Google Analytics assista ao vídeo abaixo da MeasureSchool:

Como configurar uma propriedade App + Web no Google Analytics

Espero ter dado um overview sobre as propriedades App + Web do Google Analytics.

Se estiver precisando de ajuda para implementar uma estratégia de analytics na sua empresa, saiba mais sobre minha consultoria de analytics.

Sobre o autor

Dicas gratuitas para otimizar o seu site!
  • Receba semanalmente dicas sobre SEO, analytics e WordPress.
  • Estratégias digitais e insights para melhorar suas conversões.
Menu